Assuntos de Goiás TV

terça-feira, 7 de junho de 2011

Morre a "Fogueteira do Maracanã" @Reinaldo_Cruz #ASBUG #REINALDOCRUZPRESIDENTE

A brasileira Rosenery Mello do Nascimento, protagonista de um famoso e inusitado episódio durante um jogo do escrete canarinho nas eliminatórias para o Mundial'1990 (disputado na Itália), morreu no sábado, aos 45 anos, no Rio de Janeiro.Em 1989, então com 24 anos, Rosenery foi assistir ao jogo Brasil x Chile, no Estádio do Maracanã, e decidiu arremessar um sinalizador na direção da área chilena. Quando o objeto chegou ao gramado, o goleiro Rojas caiu como se tivesse sido atingido.Seguiu-se uma grande confusão. A sangrar, Rojas foi levado para o vestiário por seus companheiros. A seleção chilena, alegando a falta de segurança, recusou-se a voltar ao campo de jogo, obrigando o árbitro a dar por encerrada a partida aos 19 minutos do segundo tempo, numa altura em que o Brasil ganhava por 1 x 0, gol de Careca.A farsa chilena, no entanto, demorou pouco tempo, pois as imagens televisivas demonstraram que o goleiro chileno retirou uma lâmina da luva e cortou o próprio supercílio.O caso foi investigado pela FIFA e, na sequência, Rojas, o treinador Osvaldo Aravena e o médico Daniel Rodríguez foram banidos do futebol. Fernando Astengo, o capitão chileno, e a federação de futebol do país foram suspensos por quatro anos.Rosenery chegou a ser detida, mas foi libertada no mesmo dia do incidente, Mais tarde, aproveitando a súbita fama, a "fogueteira do Maracanã" posou para um ensaio da "Playboy" brasileira.

Questão Brasil

Seguidores